Veja um pouco dos nossos artigos.

    SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO



    Segurança do Trabalho é definida por normas e leis. No Brasil a Legislação de Segurança do Trabalho, Portaria 3.214/78, compõe-se de Normas Regulamentadoras, Normas Regulamentadoras Rurais, outras leis complementares, portarias, decretos e, também, as convenções da Organização Internacional do Trabalho ratificadas pelo Brasil.

    O número de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho tem aumentado consideravelmente nos últimos anos, de acordo com os relatórios da Organização Internacional do Trabalho (OIT). E o Brasil, infelizmente, está inserido nessa estatística. Paradoxalmente, o número de trabalhadores afastados do trabalho – seja devido a acidentes ou a doenças relacionadas ao trabalho – cresce concomitantemente ao desenvolvimento tecnológico que o Brasil vem construindo.

    Para tentar reverter esse cenário, a segurança do trabalhador deve ser tratada como prioridade. Oferecer um ambiente de trabalho com um mínimo de condições de segurança e conforto ao trabalhador não é um gesto de generosidade dos empregadores, mas, sim, uma obrigação.

    Daí advém a importância de se realizar ações de segurança do trabalho nas organizações, pois atitudes preventivas tendem a levar a instituição a resultados positivos. Um dos exemplos é a Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (SIPAT), que tem como objetivos instruir e incentivar os trabalhadores a praticar a prevenção aos acidentes e doenças relacionados ao trabalho. Além disso, podem-se citar outros programas orientados à promoção da saúde e segurança do trabalho:

    ● PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (identifica todos os riscos existentes no ambiente de trabalho e as medidas para eliminação/neutralização); ● PCMSO – Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (determina os exames médicos a serem realizados para monitoramento dos riscos identificados no PPRA); ● PPR – Programa de Proteção Respiratória (visa identificar os principais riscos respiratórios e medidas para preveni-los); ● PCA – Programa de Conservação Auditiva (visa identificar os principais riscos ao sistema auditivo e medidas para preveni-los); ● Programas de controle de Diabetes, Hipertensão, Obesidade; ● Campanhas permanentes sobre Tabagismo, Alcoolismo, Drogas; ● Ginástica Laboral; ● Realização de exames médicos periódicos. E lembre-se: A segurança e a qualidade de vida de todos no ambiente de trabalho dependem das ações seguras de cada um!

Nossos Clientes